Home » Como proteger o celular contra roubos e furtos 

Como proteger o celular contra roubos e furtos 

Publicado em 28 de julho de 2022

Quem não tem celular hoje em dia? Segundo um levantamento divulgado pela FGV, o Brasil tem mais de um smartphone por habitante. Ao todo, são 242 milhões de celulares contra um pouco mais de 214 milhões de habitantes. 

São infinitas possibilidades e é praticamente impossível viver sem este tipo de dispositivo. Com o celular, é possível fazer transações bancárias, conversar com diversas pessoas, fazer anotações, tirar fotos, configurar alarmes e até mesmo acompanhar as câmeras de segurança do condomínio.  

Mas, junto com ele, algumas situações inconvenientes podem acontecer.  

De acordo com um levantamento feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a cada hora, 97 celulares foram roubados ou furtados no país em 2021. Com 289.461 registros, a cidade de São Paulo aparece em 1º lugar no ranking. 

Pensando na sua segurança, reunimos dicas para proteger o seu celular contra roubos e furtos. Confira a seguir.  

Leia também: Como evitar furtos de bicicletas em condomínios 

Como evitar o roubo ou furto de celular 

  1. Não mexa no celular na rua (além da pessoa estar mais distraída, o celular estará desbloqueado e mais vulnerável para o bandido acessar todos os aplicativos instalados); 
  2. Use o bloqueio automático de tela com o menor tempo possível, para evitar o roubo com a tela desbloqueada; 
  3. Ative a biometria ou o reconhecimento facial nos aplicativos (além do código para desbloquear o celular, o bandido terá de liberar o acesso de cada um dos aplicativos); 
  4. Ative a autenticação de dois fatores dentro dos aplicativos; 
  5. Não salve senhas no bloco de notas do aparelho; 
  6. Tenha um chip ou e-mail de reserva para a redefinição de senha dos aplicativos; 
  7. Configure o limite do seu pix no aplicativo do banco; 
  8. Mantenha ativa a opção de localização para identificar onde está o celular roubado; 
  9. Não permita a alterações de códigos (é possível ativar a opção de não permitir a alteração do código do celular); 
  10. Saiba o IMEI do seu celular (com este código fica mais fácil de identificar o celular e fazer um boletim de ocorrência). 

Leia também: Como tornar o celular uma ferramenta de segurança 

O que fazer depois que acontecer o roubo ou furto 

O quanto antes, é essencial que você tome providência das seguintes ações: 

  1. Bloqueie a linha telefônica; 
  2. Bloqueie as operações bancárias; 
  3. Apague todos os dados do celular; 
  4. Altere as senhas dos aplicativos; 
  5. Faça um boletim de ocorrência. 

Leia também: Furtos e roubos em condomínios: quem é o responsável? 

Gostou do post? Compartilhe as dicas para que outras pessoas também tenham conhecimento e saibam como proteger o celular.

Lívia Rosa
Produtora de conteúdo – BRZ Content

Deixe um comentário

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos mais visitados

7 Tendências para o mercado de segurança em 2022

7 Tendências para o mercado de segurança em 2022

Como você já deve ter percebido, a pandemia acelerou a digitalização das...
Circuito CFTV: o que é, como funciona e vantagens

Circuito CFTV: o que é, como funciona e vantagens

O circuito CFTV é uma das soluções eletrônicas mais utilizadas no monitoramento...

    Fale conosco

    Contatos

    Entre em contato através dos
    números abaixo

    Copyright 2021 - Alarm Wolx
    (11)991587233