Home » Cidades inteligentes contribuem para a segurança de todos

Cidades inteligentes contribuem para a segurança de todos

Publicado em 26 de abril de 2023

cidades inteligentes

Você já ouviu falar no conceito de cidade inteligente? Como grande tendência para os próximos anos, de acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria McKinsey, é estimado que as cidades inteligentes gerem 60% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial até 2025. 

Leia também: O que é monitoramento inteligente? 

O conceito de cidade inteligente busca na tecnologia soluções inovadoras para diversos problemas do dia a dia. Ou seja, uma smart city (cidade inteligente em inglês) foca na inclusão social, no planejamento urbano, na qualidade de vida das pessoas e na sustentabilidade para criar um ambiente mais harmonioso e seguro.  

A segurança é um direito de todos e um desejo natural do ser humano. Afinal, todos querem proteger o que têm de mais valioso, não é mesmo? Por essas e outras razões, a segurança em cidades inteligentes é um fator de extrema importância.  

Características de cidades inteligentes

O planejamento de uma cidade inteligente deve surgir do esforço conjunto entre o governo e a iniciativa privada. Além disso, a participação dos cidadãos é um elemento chave para garantir ambientes mais harmoniosos e seguros. Um dos grandes objetivos das cidades inteligentes é que os moradores apontem ideias, soluções e sugestões. 

Confira as principais características de uma smart city: 

– Planejamento urbano;
– Mobilidade eficiente;
– Iluminação pública moderna;
Práticas de sustentabilidade;
Sistemas de videomonitoramento;
Vizinhança colaborativa.

Leia também: Vizinhança colaborativa contribui para a segurança pública 

Soluções de cidades inteligentes 

Diante das principais características das cidades inteligentes, entre as soluções oferecidas podemos citar: 

– Ruas e ambientes mais iluminados, com lâmpadas que utilizam energia eólica ou solar;
– Semáforos que recebem dados de sensores e de carros, podendo ajustar a cadência e o tempo da luz e reduzir o congestionamento nas ruas e avenidas;
– Latas de lixo inteligentes que enviam dados para empresas de gerenciamento de resíduos e agendam a coleta conforme necessário;
– Utilização de redes sociais e fóruns digitais como facilitadores da comunicação entre os habitantes e o poder público;
– Distribuição harmoniosa de residências e comércios, permitindo que haja presença constante de pessoas em diversos horários;
– Acesso às informações das ocorrências de maneira facilitada e em tempo real, por parte dos bombeiros e da polícia, possibilitando uma ação mais eficaz e integrada;
– Presença de câmeras 24h por dia em pontos estratégicos, para que os moradores possam acompanhar tudo ao vivo por meio de um aplicativo gratuito de celular.

Leia também: Tecnologias em segurança: as novidades para 2023 

Exemplos de cidades inteligentes

A cidade de Londres, localizada na Inglaterra, é classificada como uma cidade inteligente devido à alta performance nos quesitos de capital humano, coesão social, economia, meio ambiente, governança, planejamento urbano, alcance internacional, mobilidade urbana e tecnologia. Ela faz parte de um dos maiores projetos de construção da Europa, o Crossrail, que inaugurará 10 novas linhas de trem à cidade. Além disso, conta com um metrô com mais de 400 quilômetros de extensão e um sistema de transporte referência em todo o mundo. 

Nova York também é considerada uma cidade inteligente por ser uma grande liderança econômica e abrigar milhares de empresas de alta tecnologia. A cidade localizada nos Estados Unidos oferece um serviço gratuito de wi-fi, disponibilizando 1GB de wi-fi para uma distância de até 45 a 50 metros, e uma plataforma interativa que converteu 10 mil telefones públicos antigos em mais de 8 mil pontos de conexão para utilização pública. 

A cidade de Amsterdã também é um exemplo de cidade inteligente no mundo. Com altos investimentos em tecnologia financeira, eficiência energética e cultura, a capital holandesa utiliza a bicicleta como principal meio de transporte e possui uma plataforma que oferece suporte e incentivo para que instituições, empresas e cidadãos desenvolvam projetos verdes. 

No Brasil, a cidade de São José dos Campos foi certificada como a primeira Cidade Inteligente do Brasil pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e entre as soluções inovadoras que ela oferece estão o CSI (Centro de Segurança e Inteligência), considerado o melhor projeto de segurança do país, e a Linha Verde, corredor sustentável com a utilização de ônibus 100% elétricos. 

A cidade de Curitiba também pode ser considerada uma cidade inteligente por oferecer o melhor trânsito do Brasil, dezenas de parques com áreas verdes espalhadas pela extensão de toda a cidade e a criação do Ecoelétrico, uma frota de carros elétricos que prestam serviços públicos, poupando mais de 12 mil quilogramas de gás carbônico na atmosfera desde 2014. 

Lívia Rosa
Produtora de conteúdo – BRZ Content

Deixe um comentário

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos mais visitados

7 Tendências para o mercado de segurança em 2022

7 Tendências para o mercado de segurança em 2022

Como você já deve ter percebido, a pandemia acelerou a digitalização das...
Circuito CFTV: o que é, como funciona e vantagens

Circuito CFTV: o que é, como funciona e vantagens

O circuito CFTV é uma das soluções eletrônicas mais utilizadas no monitoramento...

    Fale conosco

    Contatos

    Entre em contato através dos
    números abaixo

    Copyright 2021 - Alarm Wolx
    (11)991587233